Scroll Top

Por que sua empresa precisa de uma avaliação de riscos?

A avaliação de riscos ajuda as empresas a identificarem, avaliarem e controlarem os riscos inerentes aos negócios. Além disso, é uma prática que contribui para garantir o sucesso e a sustentabilidade da organização frente a um número crescente de ameaças que podem impactar as operações e os resultados financeiros. 

Tais riscos podem vir de diversas fontes, como crises econômicas, novas regulamentações, desastres naturais, crimes cibernéticos e avanços da concorrência. Por isso, realizar uma avaliação de riscos eficaz permite que essas ameaças sejam identificadas, tenham seu impacto analisado e contribui para que ações proativas sejam implementadas para minimizar possíveis problemas, tornando a criação de uma estratégia de gestão de riscos mais eficiente. 

Porque implementar uma estratégia de gestão de riscos

Pesquisa da PwC descobriu que as empresas que adotaram o gerenciamento de riscos têm cinco vezes mais chances de afirmar que estão “muito confiantes” para alcançar seus objetivos de negócios. 

A avaliação de riscos é fundamental para a implementação de uma estratégia de gerenciamento de riscos mais robusta, contribuindo para proteger os negócios contra prejuízos causados por fatores externos, por isso, compreender os vários tipos de risco pode preparar a empresa para que as melhores decisões sejam tomadas para mitigá-los. 

Tipos de riscos: 

Risco estratégicos

São aqueles que envolvem os objetivos e metas da empresa e podem impactar diretamente nos negócios. Eles envolvem custos, perda de participação no mercado, mudança no comportamento dos clientes, novas tecnologias entre outros. 

Risco operacional

Envolve riscos relacionados ao dia a dia de operações e processos de negócios. Desastres naturais, erros cometidos por funcionários, ataques cibernéticos, crises sanitárias e problemas com fornecedores podem ter grande impacto nos negócios. 

Risco tecnológicos e de conformidade

A tecnologia, atualmente, representa um grande risco para as empresas, pois dependem basicamente do acesso a dados e aplicativos para garantir um fluxo de trabalho eficiente. Falhas em servidores, problemas técnicos, vulnerabilidades e ataques cibernéticos podem tornar a empresa exposta à perda de negócios ou graves penalidades, além de impactar diretamente nas finanças e reputação da marca. 

Riscos financeiros

A volatilidade do mercado, crises econômicas, flutuações no mercado de câmbio ou até mesmo problemas na cadeia de suprimentos podem representar riscos financeiros que precisam ser monitorados para evitar perdas. 

Risco de reputação

Os riscos de reputação dizem respeito a qualquer incidente que possa prejudicar a percepção do cliente em relação à marca.  Podem ser defeitos em produtos, atendimento ao cliente ineficiente, entregas atrasadas, roubo de dados, envolvimento político entre outros fatores. 

Risco ambiental

Diz respeito a qualquer impacto que as atividades da empresa possa causar ao meio ambiente ou à saúde das pessoas, por exemplo, vazamento de produtos químicos, desmatamento entre outros. 

Como fazer uma avaliação de riscos?

Depois de entender quais os tipos de riscos que os negócios podem sofrer, chegou a hora de implementar uma estratégia de avaliação de riscos. Para isso, algumas etapas precisam ser seguidas: 

Identifique os diferentes tipos de riscos

Realizar uma sessão de brainstorm com os funcionários e revisar incidentes históricos podem ser um bom caminho para identificar possíveis riscos, como riscos na cadeia de suprimentos, tempo de inatividade da operação, violação de dados entre outros. Essa análise pode inclusive envolver comentários negativos sobre a empresa e que podem impactar na reputação. 

Avalie a probabilidade e o impacto potencial dos riscos

É essencial indicar o grau de possibilidade e qual o potencial de cada um dos riscos. Por exemplo, a falta de energia é um risco que pode afetar o fluxo de trabalho, mas pode ser considerado de baixo impacto dependendo do setor de atuação da empresa. Por outro lado, a interrupção na cadeia de suprimentos, apesar de não ser tão comum, tem um grande impacto nos negócios. Fazer essa avaliação ajuda a priorizar e alocar os recursos necessários para reduzir o impacto. 

Priorize os riscos e desenvolva uma estratégia de ação

A identificação e avaliação dos riscos contribui para que eles sejam priorizados e ajuda a desenvolver estratégias para mitigá-los e reduzir seu impacto nos negócios. Isso pode envolver a implementação de um plano de recuperação de desastres e continuidade de negócios, simplesmente contratar um seguro apropriado ou monitorar continuamente os fornecedores para evitar problemas. 

A chave nessa etapa está na possibilidade de criar controles que alinhem os riscos aos objetivos de negócios, por exemplo, monitorando eventos em tempo real para criar um controle que reduza o impacto de um determinado risco. 

Monitore e reavalie os processos de avaliação de riscos

A avaliação de riscos não é realizada uma única vez, ela precisa ser constante para construir uma cultura de gerenciamento de riscos. Isso inclui sessões de treinamento, relatórios e acesso a tecnologias para monitoramento de segurança e reputação. Além disso, é essencial conhecer e implementar as normas regulatórias, colher feedbacks de stakeholders e analisar dados históricos para manter o plano de avaliação de riscos atualizado. 

Qual a importância da avaliação de riscos?

O ponto principal da avaliação de riscos é que deve fazer parte de qualquer estratégia empresarial, pois é por meio dela que a empresa pode entender os perigos que rondam os negócios e o impacto que eles podem causar na saúde financeira da organização, protegendo contra perdas inesperadas causadas por fatores externos. 

É importante entender que a avaliação de riscos não visa eliminar os riscos, mas busca encontrar maneiras de gerenciá-los de forma que o impacto não seja tão prejudicial para a organização, evitando que interrompa a operação ou prejudique os objetivos estratégicos da organização. 

Além disso, ela permite que medidas proativas sejam implementadas para a criação de um plano de resposta abrangente para que a empresa consiga agir rapidamente se ocorrer alguma crise, permitindo que a equipe esteja mais bem equipada para tomar as melhores decisões para manter os negócios funcionando. 

Todo o gerenciamento de riscos parte de uma análise criteriosa de possibilidades, gravidades e impactos que esses riscos podem causar a uma organização. Por isso, a SVX, desenvolveu um método de análise profunda de riscos e atua com foco em todo o ciclo de vida do gerenciamento de riscos de negócios, desde a identificação, análise, tratamento, mitigação e acompanhamento, para garantir a continuidade dos negócios. Entre em contato e saiba como podemos ajudar sua empresa. 

+ conteúdo