Scroll Top

Métricas de desempenho para implementar no seu negócio

métricas de desempenho

As vendas estão aumentando, mas será que os negócios estão realmente indo bem? É muito difícil responder a essa pergunta sem analisar métricas de desempenho. Essas métricas ajudam a determinar como os recursos da empresa estão sendo utilizados e se é preciso realizar algumas melhorias para garantir a saúde financeira da organização. Além disso, saber quais as métricas de desempenho realmente fornecem informações úteis é essencial para melhorar o processo decisório. 

Essas métricas são medidas utilizadas para determinar se o negócio é realmente eficaz, e elas variam de acordo com o setor em que a empresa atua. E todas as empresas, não importando seu porte, precisam usar determinadas métricas de desempenho para ter uma visão real de que estão no caminho certo. São essas métricas que permitem que metas e objetivos sejam mais bem avaliados. 

Isso deixa clara a importância de implementar métricas de desempenho e acompanhá-las para identificar os pontos fortes e possíveis problemas a tempo de fazer os ajustes necessários. 

Categorias de métricas de desempenho

Como cada empresa conta com objetivos, estratégias e operações diferentes, não é possível generalizar as métricas de desempenho e a categorização dessas métricas contribui para que as organizações possam identificar quais as que melhor se encaixam aos negócios. 

Leading e lagging

O leading é um indicador que mede o desempenho atual da empresa e ajuda a medir o desempenho futuro. Já o lagging mede o desempenho passado. É importante integrar as duas métricas para obter uma imagem completa do desempenho da empresa. 

Quantificação e qualificação

A maioria das métricas de desempenho são quantificáveis, baseadas em dados e análises, mas implementar métricas qualificáveis, como pesquisas de satisfação do cliente ou feedback dos funcionários, também ajudam a analisar o desempenho dos negócios. 

Financeiro e operacional

Métricas financeiras são voltadas para monitorar a receita, despesas e lucro das empresas, já as métricas operacionais medem a eficiência e eficácia das operações. Além dessas, há outras métricas mais específicas, como satisfação do cliente ou retenção de funcionários, que contribuem para mensurar a saúde da empresa. 

Balanced Scorecard

É uma metodologia de análise que mede o desempenho em quatro perspectivas: financeira, cliente, processos internos e aprendizado e crescimento e, com isso, contribui para definir estratégias de negócios mais abrangentes. 

Quais métricas de desempenho monitorar?

A maioria das organizações monitora métricas de desempenho para medir seu sucesso e atingir objetivos. Essas métricas precisam fornecer informações que possam ser aplicadas imediatamente na estratégia de negócios. Para isso, é possível separar essas métricas em quatro áreas: negócios, vendas, gerenciamento de projetos e força de trabalho. 

Métricas de desempenho de negócios

São as métricas voltadas para rastrear e avaliar processos de negócios, comparando as informações com metas e objetivos estabelecidos: 

Indicadores de ROI

São métricas que ajudam a determinar se um investimento dará retorno ou não. Esse acompanhamento contribui para que as empresas decidam quais investimentos valem a pena ou não. 

Lucratividade

É uma métrica que monitora a margem de lucro de uma empresa e compara os dados com as metas estabelecidas, contribuindo para que ajustes sejam realizados para a meta ser mais facilmente alcançada. 

Produtividade

Rastreiam a relação entre os recursos utilizados e o resultado do trabalho, ajudando a melhorar processos para melhorar a produtividade. 

Métricas de desempenho de vendas

São métricas que medem o desempenho de um indivíduo ou de uma equipe de vendas. Essas métricas podem incluir a geração e retenção de leads, receita total ou ação de vendas: 

Atividade

Métricas de atividade fornecem informações sobre o trabalho diário de cada vendedor ou equipe de vendas, por exemplo, o número de chamadas feitas ou propostas enviadas. Dessa forma, os gerentes de vendas podem implementar cotas mais realistas de vendas diárias ou uma quantidade mínima de propostas. 

Geração de leads

É essencial monitorar métricas de geração de leads para avaliar o nível de prospecção de aquisição de novas vendas. O tempo médio de resposta e a porcentagem de acompanhamentos são dois exemplos de métricas que podem ser rastreadas. 

Produtividade de vendas

As métricas de produtividade de vendas indicam o tempo que um vendedor ou equipe leva para atingir suas metas de receitas. Quanto menos tempo para uma meta se alcançada, maior será a produtividade. 

Métricas de desempenho de desenvolvimento de projetos

São usados para mensurar a eficácia e rentabilidade de cada projeto, desde o briefing até sua conclusão: 

Produtividade

Fornece informações sobre como os recursos estão sendo utilizados para a conclusão de um projeto e o esforço realizado. 

Escopo do trabalho

São úteis para ajudar a determinar o cronograma e o orçamento necessários para conclusão do projeto. 

Qualidade e satisfação

Medem a qualidade da entrega do projeto e buscam rastrear a satisfação do cliente com o produto final. 

Custos

Talvez a métrica mais importante para medir o desempenho do desenvolvimento de projetos, pois considera qualquer variável inesperada que possa impactar no cronograma e conclusão do projeto. 

Margem bruta

Rastreia a diferença entre o custo total do projeto e a receita que irá gerar, é geralmente direcionada no início do projeto para mantê-lo dentro de uma meta de receita definida. 

Métricas de desempenho da força de trabalho 

Mensura a produtividade e eficiência dos funcionários e como eles contribuem para o crescimento dos negócios. Monitorar essas métricas contribui para que ajustes e melhorias sejam feitos para ajudar os funcionários a alcançarem suas métricas: 

Qualidade

São métricas voltadas para mensurar a qualidade do desempenho do funcionário. Por meio de uma avaliação subjetiva, a métrica divide objetivos mais amplos em objetivos individuais que são mais facilmente alcançados. 

Quantidade 

Fácil de medir, é uma métrica que mensura, por exemplo, o número de itens produzidos ou vendas realizadas por cada funcionário. 

Eficiência

É uma métrica que combina dados de qualidade e quantidade para mensurar os recursos usados para uma determinada tarefa. Por exemplo, quanto tempo ou dinheiro é necessário para produzir um produto. 

Receita

É uma ótima métrica para analisar os custos com funcionários em uma empresa. A métrica permite mensurar qual a receita gerada em relação ao número de funcionários que possui, permitindo, também, analisar a estrutura da força de trabalho de uma empresa. 

Produtividade

Engloba as demais métricas de desempenho para rastrear a produtividade de cada funcionário e ajudar as empresas a mudarem processos e comportamentos para alcançar mais facilmente suas metas. 

Rotatividade

Métricas de rotatividade ajudam a calcular a porcentagem de funcionários que saíram da empresa em um determinado período. Altas taxas podem indicar problemas internos, desde o processo de seleção até estratégias de retenção de talentos. 

Como a SVX pode ajudar?

Gerenciar o desempenho dos negócios é fundamental para o sucesso geral de uma empresa. Assim, é possível analisar o desempenho geral da organização, identificar possíveis problemas e agir rapidamente para solucioná-los. A SVX pode auxiliar a entender quais métricas são importantes para os negócios, permitindo que a empresa foque em informações realmente relevantes. 

Por meio do serviço de Desenho e Modelagem de Processos, a SVX realiza análises, entendimento, desenho, modelagem e indicadores para tornar a gestão de processos mais eficiente. Entre em contato e saiba mais. 

Meta-description
Métricas de desempenho são fundamentais para monitorar o sucesso geral de uma empresa, identificar problemas e solucioná-los 

+ conteúdo