Scroll Top

Como a IA impacta na conformidade com a LGPD

Conformidade com a LGPD

Em um mundo cada vez mais digitalizado, tecnologias como IA e aprendizado de máquina estão causando um grande impacto na conformidade com a LGPD, ao mesmo tempo, em que transformam a forma com que as empresas trabalham.

Esta revolução causada pelo uso da inteligência artificial nos negócios provocou um aumento significativo na geração de dados. Análise da Frost & Sullivan mostra que 70% das empresas relataram um aumento de pelo menos 25% na criação de dados, exigindo a adoção de sistemas baseados em IA para analisarem a montanha de dados que não para de crescer.

Por mais benefícios que a inteligência artificial proporcione para as empresas, ela é uma faca de dois gumes. Ao mesmo tempo em que pode ser utilizada para melhorar os negócios e aprimorar a segurança cibernética, sua utilização, se feita da forma incorreta, pode afetar o perfil de risco, aumentar a superfície de ataque e confrontar com a conformidade.

O uso indevido de soluções de IA levam a graves preocupações sobre a privacidade de dados e com a introdução de vieses preconceituosos que afetam a tomada de decisões e que podem levar a violações de conformidade com a LGPD, ao mesmo tempo em que aumentam os riscos cibernéticos.

Portanto, compreender o impacto da IA na conformidade com a LGPD pode ser a resposta para lidar com sucesso com a complexidade que os avanços tecnológicos oferecem para o dia a dia operacional.

Entendendo o papel da IA nos negócios atuais

A inteligência artificial auxilia as empresas a gerenciar e analisar seus dados, melhorando a experiência dos clientes, facilitando o trabalho dos usuários e contribuindo, inclusive, para garantir a conformidade com a LGPD.

Sistemas baseados em IA processam grandes quantidades de dados rapidamente, organizam essas informações automaticamente, aceleram o gerenciamento de dados e reduzem erros humanos. Também realizam análises complexas, identificam padrões e preveem tendências futuras, auxiliando na tomada de decisões estratégicas.

Mas ela também ajuda a gerenciar a conformidade com a LGPD, verificando o regulamento à medida que ele evolui e notificando a equipe de segurança sobre atualizações, monitorando o acesso aos dados, detectando anomalias e identificando possíveis riscos.

Por outro lado, embora a inteligência artificial melhore os esforços de conformidade com a LGPD, ela também cria novos desafios relacionados à privacidade e segurança de dados.

Conformidade com a LGPD e a inteligência artificial

A automação e análise baseados em IA podem melhorar o monitoramento de regulamentações e conformidade, mas é a forma com que os sistemas usam esses dados que pode tornar mais complexo todo o processo.

Nos últimos anos, houve um esforço global para fortalecer as leis de privacidade de dados, tanto que mais de 70% dos países já contam com leis sobre o assunto. Entretanto, apenas 34% das empresas compreendem as práticas de proteção de dados.

Como a legislação muda a forma com que as empresas lidam com as informações dos clientes, essa falta de compreensão impacta diretamente em qualquer iniciativa baseada em IA que possa ser implementada, principalmente em relação ao enriquecimento de dados, que pode entrar em conflito com a conformidade com a LGPD.

Como a LGPD garante maior transparência sobre como os dados pessoais são tratados, entregando às pessoas um maior controle sobre suas informações. Esse enriquecimento preocupa pelo risco de informações serem adicionadas sem autorização das pessoas.

Além disso, a LGPD especifica que as empresas precisam informar sobre a finalidade do uso dos dados dos clientes, inclusive sobre esse enriquecimento, detalhando quais dados serão enriquecidos e com que finalidade. Ou seja, não podem ser utilizados para finalidades não informadas ao titular dos dados, que pode aceitar ou não.

Outro ponto a ser debatido é o Marco Legal da IA, que está sendo discutido no Congresso. O Marco irá traçar os parâmetros para o uso ético e responsável das informações, estabelecendo quais os fundamentos e princípios de transparência, não discriminação e responsabilização devem ser adotados por desenvolvedores e usuários da tecnologia.

No exterior, várias empresas já foram punidas por não seguirem regulamentos de conformidade. Um dos casos mais famosos foi o da Cambridge Analytica, que usou dados de milhões de usuários da Meta com algoritmos de IA para manipulação política. Por isso, é vital para as empresas entenderem a fundo como a conformidade com a LGPD impacta nos negócios.

Riscos vão além da privacidade de dados

Sistemas baseados em inteligência artificial utilizam enormes volumes de dados, o que já caracteriza riscos à privacidade de dados. Esses sistemas analisam o comportamento de clientes e usuários, mas, para isso, precisam ter acesso a informações confidenciais. Essas informações muitas vezes são compartilhadas com terceiros sem o conhecimento do titular do dado, violando a conformidade com a LGPD e outros regulamentos.

Mas outro grande problema é o potencial desses modelos de IA se tornarem tendenciosos. Quando esse conjunto de dados, mesmo gigantesco, não é diversificado, isso impacta negativamente no modelo de IA criado, levando a resultados preocupantes, como preconceito contra candidatos de determinada etnia concorrendo a uma vaga de emprego.

Para lidar de forma eficiente com essas questões, as empresas que optarem por utilizar a inteligência artificial para tornar seus processos mais eficientes e produtivos, precisam contar com o apoio de profissionais especializados e com o conhecimento necessário em relação à conformidade com a LGPD.

Como a SVX pode ajudar sua empresa

Apesar de já estar em ação há mais de 5 anos, muitas empresas brasileiras ainda não aderiram às regras da LGPD. Para isso, elas precisam passar por algumas etapas que podem se tornar complexas sem o apoio de uma consultoria especializada. A SVX ajuda as organizações a se adequarem à conformidade com a LGPD, fornecendo todo o suporte necessário para que a empresa atue de maneira proativa, evite multas e sanções.

O time de especialistas da SVX auxilia na criação de uma equipe multidisciplinar, na definição do fluxo de dados e na revisão de informações sensíveis. Também torna a comunicação mais transparente com provedores de dados, na interpretação de contratos e no fortalecimento de políticas de segurança.  Além disso, oferece um serviço de DPO as a Service, fornecendo um profissional especializado para monitorar e gerenciar a conformidade com a LGPD. Entre em contato e saiba como se adequar à LGPD.

+ conteúdo